EDITORIAL

SOMOS MUITOS...
Uns como civis,
outros militares,
de todos os continentes
e cores, feitios,e ideologia
, de um lado ,de ambos, ou
do outro lado da barricada,
ou de nenhum dos lados...
Este é o espaço de todos os que
em algum tempo da sua vida comungaram passageiramente, ou enraizadamente do solo e cultura do ex-ultramar lusitano...
do brasil a timor, de macau à india...
Na crisa do sol e da chuva,
da lua e da brisa do mar,
comungamos todos esse olhar sem fim
de esperança na Humanidade...
DESERDADOS DA FORTUNA...
Refractários talvez...
DESERTORES? NUNCA !!!

digite uma palavra

toque

Ocorreu um erro neste dispositivo

Radios do Brasil ao vivo

domingo, 3 de abril de 2011

A Liberdade de Expressão

 

angola1

       Não se pode amarrar o bico do papagaio á espera que lele deixe de falar

aquelas verdades incómodas… ou até as obscenidades e impropérios…

       O mais certo certo é morrer o pagagaio e todas as suas demais potencialidade

ou o papagaio se sublevar contra as suas amarras e donos…e pode obter sucesso

e voar para outras paragens… e juntar-se com outros rebeldes papagaios…

    Os Povos Democráticos, sabem que não se pode calar a Voz do Povo…

E quando o Povo fala, clandestinamente ou abertamente…isos significa sempre alguma coisa…

     A Internet é hoje um meio fundamental de expressão…

     Antigamente as ditaduras controlavam a correspondência (cartas com selos)

de cada um, os telefonemas de cada um, as transmissões via rádio (macanudos)

e outros meios de comunicação… Hoje à velocidade a que funciona o

espaço cibernetico não é possivel controlar a Internet, a

menos que se desliguem todas as telecomunicações e se coloquem potentes filtros ,

chaves e  condicionalismos ao seu acesso…

      Pretender criminalizar  a livre expressão no espaço cibernético ,com o objectivo de

evitar replicas do estilo “Revolução Jasmin” é uma fuga para a frente  e um erro crasso…

     Nenhum governo democrático ou não pode contentar integralmente toda a sua

“clientela partidária”…surgirão sempre descontentamentos…

A “Lei da Rolha” cibernética, e o melhor caminho para o “papagaio” se tornar num “rebelde”…

 

  in “verdades incontinentes”  por Mandachuva Pecus Malthus