EDITORIAL

SOMOS MUITOS...
Uns como civis,
outros militares,
de todos os continentes
e cores, feitios,e ideologia
, de um lado ,de ambos, ou
do outro lado da barricada,
ou de nenhum dos lados...
Este é o espaço de todos os que
em algum tempo da sua vida comungaram passageiramente, ou enraizadamente do solo e cultura do ex-ultramar lusitano...
do brasil a timor, de macau à india...
Na crisa do sol e da chuva,
da lua e da brisa do mar,
comungamos todos esse olhar sem fim
de esperança na Humanidade...
DESERDADOS DA FORTUNA...
Refractários talvez...
DESERTORES? NUNCA !!!

digite uma palavra

toque

Ocorreu um erro neste dispositivo

Radios do Brasil ao vivo

quarta-feira, 5 de março de 2014

clarificando o vírus económico…

mosquito001

O MOSQUITO

Ninguém duvida da necessidade do Mosquito

no equilíbrio ecológico…

Porém há quem entenda ser o mesmo pernicioso

para a economia…

Sendo portador  em potencia de vírus

o mosquito pode redundar em quebra de produtividade

e aumento de faturação…

faturar não é receber ou liquidar…

Ser Credor não é sinal de rendimento assegurado…

O Devedor pode não efetuar o Pagamento…

Faturar sem Receber é o mesmo que

Patinar na lama sem sair do sitio…

Os mosquitos desenvolvem.se em

“águas paradas”…