EDITORIAL

SOMOS MUITOS...
Uns como civis,
outros militares,
de todos os continentes
e cores, feitios,e ideologia
, de um lado ,de ambos, ou
do outro lado da barricada,
ou de nenhum dos lados...
Este é o espaço de todos os que
em algum tempo da sua vida comungaram passageiramente, ou enraizadamente do solo e cultura do ex-ultramar lusitano...
do brasil a timor, de macau à india...
Na crisa do sol e da chuva,
da lua e da brisa do mar,
comungamos todos esse olhar sem fim
de esperança na Humanidade...
DESERDADOS DA FORTUNA...
Refractários talvez...
DESERTORES? NUNCA !!!

digite uma palavra

toque

Ocorreu um erro neste dispositivo

Radios do Brasil ao vivo

sexta-feira, 10 de abril de 2009

Rescaldo

Luanda, último sábado de Março de 1975.
Fortes confrontações no Cazenga originam instabilidade militar em alguns pontos de Angola.Há confrontações entre o MPLA e aFNLA que se vão prolongar por alguns dias,e que vão obrigar o Governo Provisório a restringir as saídas civis e a tomar conta da situação pondo ao serviço do corpo de defesa Tropas residuais de Portugal e do movimento Unita.Como em qualquer guerra houve lutos e tristezas. As pessoas têm medo umas das outras.Há um clima propicio para a instauração de uma confrontação entre civis o que quase chega a acontecer,mas felizmente os dois movimentos pressionados pela consciência põem termo às hostilidades. Felizmente... Mas...Por enquanto...
Luanda 28 de Março de 1975
Renato Gomes Pereira

Sem comentários: