EDITORIAL

SOMOS MUITOS...
Uns como civis,
outros militares,
de todos os continentes
e cores, feitios,e ideologia
, de um lado ,de ambos, ou
do outro lado da barricada,
ou de nenhum dos lados...
Este é o espaço de todos os que
em algum tempo da sua vida comungaram passageiramente, ou enraizadamente do solo e cultura do ex-ultramar lusitano...
do brasil a timor, de macau à india...
Na crisa do sol e da chuva,
da lua e da brisa do mar,
comungamos todos esse olhar sem fim
de esperança na Humanidade...
DESERDADOS DA FORTUNA...
Refractários talvez...
DESERTORES? NUNCA !!!

digite uma palavra

toque

Ocorreu um erro neste dispositivo

Radios do Brasil ao vivo

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

O Pato LARANJA

patolrnj

     O Pato LARANJA era um Pato. E era laranja…

O Pato Laranja vivia como outros patos…

 passarico004patolarnj

patolaranjpatolaranja

Os outros patos também eram Patos Laranja…

Mas havia patos que não eram patos nem Laranjas…

painam001ufo001

E também havia outros Laranjas mas que não eram Patos.

E era Natal !!! votos

Todos estavam contentes !!!

couve

Ninguém comia Patos no Natal…nem Laranjas!!!

preçosbaix001kil001a

Os Preços eram Baixos!!! BAIXISSIMOS !!!

bolsa

Ninguém queria vender Patos, e muito menos Laranjas…

E só Ninguém votava nos Patos ,e nos Laranjas…

Os outros Não eram Ninguém…

elegeme

e Queriam Eleições Já…  contra os patos laranjas !

baixarprec[6]

E FOI ASSIM que naquele Natal…se serviu pato

com laranja ao Jantar… Ninguém comeu

apenas couves com batatas…

                              FIM

Conto de Natal – autor : renato pereira

ilustração: renato pereira…

Sem comentários: