EDITORIAL

SOMOS MUITOS...
Uns como civis,
outros militares,
de todos os continentes
e cores, feitios,e ideologia
, de um lado ,de ambos, ou
do outro lado da barricada,
ou de nenhum dos lados...
Este é o espaço de todos os que
em algum tempo da sua vida comungaram passageiramente, ou enraizadamente do solo e cultura do ex-ultramar lusitano...
do brasil a timor, de macau à india...
Na crisa do sol e da chuva,
da lua e da brisa do mar,
comungamos todos esse olhar sem fim
de esperança na Humanidade...
DESERDADOS DA FORTUNA...
Refractários talvez...
DESERTORES? NUNCA !!!

digite uma palavra

toque

Ocorreu um erro neste dispositivo

Radios do Brasil ao vivo

terça-feira, 14 de abril de 2009

O PASSADO E O FUTURO


Um dia alguém motivado por egoismos, vinganças, ou ideologias quis impor a sua vontade, contra um outro ou outros egoismos, vinganças ou ideologias... E na torpe negrura de almas negras de fúria e loucura, dispuzeram das vidas de outros, que ao longo dos tempos sempre pagaram na pele os erros alheios... divididos, espoliados, deslocados, vilipendiados, humilhados, escravizados, explorados, etc.etc... sempre predestinados a alimentar os "tubarões"!!!

2 comentários:

"Antonio" disse...

O pão de cada dia
O melhor caminho é aquele por onde teu coração
é presente, por onde teus pés caminham.
O teu caminho torna-se sagrado pelo simples fato
de estares inserido nele.
Nele estão todos os teus humores, tuas vontades,
teus sonhos, tuas alegrias, tuas dores.
Questões já assumidas, outras ainda por trabalhar
e outras tantas já esquecidas em algum lugar do teu ser...
Nele tens a capacidade de girar a roda quando desejares,
escolhendo outros rumos, outras coisas.
Já pensaste quantos espaços dentro de ti
estão à espera dos teus pincéis,
das tuas tintas, da tua criação?
Já sentiste que tens todos os meios para te lançares
naquilo que o teu coração tanto anseia?
Seja um perdão, um pouco de silêncio,
um pouco mais de compreensão, paciência, discernimento, alegria...
Muitas vezes, fechas os olhos para esta realidade,
entregando-te nas mãos de outros para que te cuidem
e te mostrem o caminho pelo qual deves seguir.
Culpas a vida por sentir-te excluído, esquecido,
por não seres agraciado...
Quem pode, realmente. fazer algo por ti,
se tudo depende da tua vontade, do teu querer?
Não há remédio...
Tens que arregaçar as mangas,
sacudir a poeira dos teus pés e prosseguir.
Prosseguir nem que seja no escuro,
sem saber ao certo para onde estás indo...
O importante é não desistires, não estagnares.
Mesmo nos momentos onde te sentes perdido,
completamente sem direção, há algo que trabalha em ti
e por ti de uma forma constante.
Lá, por trás das inúmeras sombras, medos
e decepções, algo ilumina...
Algo aprende, algo organiza...
E então, num belo dia, acordas sentindo que
a tempestade passou, que uma leveza encerra
o teu coração num doce balanço...
É... A vida prossegue,
mesmo quando tendes a acreditar
que as tuas forças ficaram lá trás.
Abençoa-te, revigora teu caminho,
pois ele te pertence
e está, definitivamente, sob os teus cuidados.
Não há “outro” para cuidar da tua jornada.
Somente tu podes percorrê-la e vivenciá-la.
Este é o pão de cada dia.

QUE VC TENHA UMA LINDA E MARAVILHOSA SEMANA. FIQUE COM DEUS.

De Antonio M Matioli São José dos Campos São Paulo Brasil


http://oblogdasnoticias.blogspot.com/


http://curiosidadesdoplantaterra.blogs.sapo.pt/

terramar e ar disse...

boa sorte António...